Apresentação

“Compreender o mal não o cura, mas, sem dúvida alguma, ajuda. Afinal, é muito mais fácil lidar com uma dificuldade compreensível que com uma escuridão incompreensível.” – Carl Jung.

Olá.
Seja bem vindo(a).
Espero que goste.
Luz, Paz e Alegria sempre.

Elizabeth.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Olhos, Coração e Cabeça


Honrando meus ancestrais compartilho um mito africano sobre as aparências.
Vejo o dia de hoje simbolicamente pois a consciência da ancestralidade deve ser diária.
Trago as memórias, sonhos, medos e qualidades de meus ancestrais.
Vivo consta
ntemente vários arquétipos.

Sou uma e sou muitas.
Mojúbà

"Olhos, Coração e Cabeça são irmãos, filhos de Axé. 


Axé – criador de todas as coisas – queria conhecer melhor seus três filhos e resolveu testá-los, pedindo que escolhessem uma das cabaças que ali estavam enroladas. 


Chamou seu filho mais velho – Olhos, o do meio – Coração e o mais novo – Cabeça, para que cada um escolhesse uma cabaça que considerasse melhor para si.


As cabaças estavam, cada uma, enroladas com um pano diferente. 


Olhos escolheu logo a cabaça cuja aparência era muito deslumbrante, mas cujo conteúdo era o mais pobre. 

Coração e Cabeça ficaram com as cabaças restantes, mas como estavam muito ocupados resolveram guardar as cabaças com carinho, para depois ver com calma o presente que tinham recebido do pai. 


Só no dia seguinte foi que Coração e Cabeça perceberam que o conteúdo de suas cabaças era um verdadeiro tesouro.


O tempo passou e Axé tornou a reunir seus filhos para lhes perguntar o que fizeram com os presentes recebidos. 


Olhos respondeu que tratou logo de comer a rica refeição. 


Coração e Cabeça agradeceram pelo valioso tesouro recebido, o qual tinha modificado suas vidas para muito melhor. 


Axé sentenciou: “Olhos, tu és muito ávido! A visão te atrapalha, tu enxergas sem ver. 


A sensibilidade e a capacidade reflexiva fizeram com que Coração e Cabeça escolhessem as cabaças que, embora envoltas em panos comuns, guardavam uma enorme fortuna. 


Por esse motivo, será Cabeça quem, a partir de hoje, tomará todas as decisões, sem se deixar enganar pelas aparências, aconselhado sempre por seu irmão Coração. 


É por isso que se deve dizer, minha cabeça e meu coração são bons e não meus olhos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário