Apresentação

“Compreender o mal não o cura, mas, sem dúvida alguma, ajuda. Afinal, é muito mais fácil lidar com uma dificuldade compreensível que com uma escuridão incompreensível.” – Carl Jung.

Olá.
Seja bem vindo(a).
Espero que goste.
Luz, Paz e Alegria sempre.

Elizabeth.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Que tal dar um presente de Natal curativo, amoroso, especial?

Bom dia.

Neste Natal dê um presente especial!





Os produtos do projeto luz são elaborados com ervas, óleos essenciais puros,  essências florais e insumos orgânicos e visam propiciar a harmonização do corpo, da mente e do espírito.
Conheça e compartilhe.

http://projetoluzterapias.blogspot.com.br/p/blog-page_20.html


Chamamos de Aromaterapia a terapia ou tratamento que utiliza os óleos essenciais extraídos de quase todas as plantas medicinais.

Cada planta tem seu peculiar perfume, pois o óleo essencial representa sua personalidade, expressando suas características, embora cada família botânica apresente qualidades específicas.

Em 1992 o Fundo de Pesquisa Olfatória de New York (EUA) definiu Aromacologia como o “Estudo das inter-relações entre psicologia e aromaterapia para analisar e revelar a variedade de emoções e sensações específicas despertadas pelos odores através da estimulação das vias olfatórias cerebrais”. E iniciou uma grande pesquisa sobre o assunto sinalizando, até o momento, algumas conclusões:

- são cerca de 100 milhões de células nervosas olfativas bipolares, derivadas originalmente do sistema nervoso central, podendo receber e classificar 10 mil cheiros diferentes;

- o cérebro, quando estimulado por determinados aromas, libera substâncias neuroquímicas que atuam de forma diferenciada sobre nossas atitudes, humores e condições físicas, trazendo sensações como prazer, relaxamento, calma, euforia, bem estar, acolhimento;

- a aromatização de ambientes favorece a harmonização de emoções e facilita o bem-estar.

Segundo Price (2002), a maior parte dos efeitos curativos dos óleos essenciais ocorre, sobretudo através da própria inalação, por via da mente e de alguns caminhos emocionais.

Incorporar os óleos essenciais na rotina diária na forma de produtos de aromaterapia, não é somente um prazer, mas também um meio de restaurar e manter a vitalidade e a saúde. (Rose, 1995).

"Tudo o que é verdadeiro deve se transformar e somente o que se transforma permanece verdadeiro.” Carl G. Jung.

Nenhum comentário:

Postar um comentário