Apresentação

“Compreender o mal não o cura, mas, sem dúvida alguma, ajuda. Afinal, é muito mais fácil lidar com uma dificuldade compreensível que com uma escuridão incompreensível.” – Carl Jung.

Olá.
Seja bem vindo(a).
Espero que goste.
Luz, Paz e Alegria sempre.

Elizabeth.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

ESTOU DIRIGINDO A MINHA VIDA

Uma Senda encontramos  Christian Morgenstern

"Quem da meta nada sabe não poderá ter caminho;
estará por toda a vida trotando em redemoinho;
e voltando, enfim, ao ponto de onde havia partido,
a mente da multidão só terá mais confundido.
Quem nada conhece da meta pode ainda aprender,
se com todo o seu fervor a Verdade pretender;
se ainda não submergiu nas águas da vaidade, 
e se não se embriagou do tolo vinho da idade;
Então, pelas coisas secretas haverá, pois, de indagar,
e na conquista da LUZ deverá se aventurar.
“Quem não sabe procurar como faz um pretendente, 
sob o fascínio estará dos sete véus para sempre”.
 Essência floral – ORIGANUM


Nome cientifico – Origanum majorana.
Nome popular – manjerona, amáraco, flor do Himeneu.
Família botânica – labiadas (atuam facilitando a integração da personalidade).
Signatura – originária do nordeste africano, Oriente médio e Índia é uma planta aromática usada como condimento; apresenta-se em touceira com ramos finos verticais, folhas macias e pequenas. Seu uso durante e após a ingestão de carne fortalece o Ego, enfraquecido por seu consumo.
Cor – flores brancas, levemente rosadas ou violáceas.
Uso fitoterápico – estomáquica, anti-espasmódica, vulneraria, tônica e estimulante. Induz o parto e a menstruação. Seu óleo é usado como repositor hormonal em conjunto com os óleos de gerânio e sálvia esclaréia, na menopausa. O banho feito com as folhas é usado no tratamento das doenças reumáticas e osteo-articulares. Como cataplasma é usada no tratamento de contusões, queimaduras, feridas e tumores. Nos conventos seu chá era consumido todos os dias para controlar o desejo sexual pois era considerada um bom anafrodisíaco masculino. Outros pesquisadores relatam suas propriedades afrodisíacas. Cremos ser na realidade uma planta equilibradora da sexualidade. O vinagre feito com a erva é um excelente estimulante.
Uso ritualístico – planta consagrada ao orixá Xangô, usada em banhos de purificação, defumadores para atrair a boa sorte e proteção para a casa. Na mitologia grega a manjerona era uma das ervas favoritas de Afrodite (deusa do amor) e simbolizava a felicidade. Diz uma lenda que o príncipe Amáraco, filho do rei de Chipre, era perfumista. Ao criar uma fragrância rara e especial ficou tão maravilhado que distraiu-se e quebrou o vaso que continha este perfume. Diante da perda deixou-se abater pela tristeza e definhou até morrer. Comovidos, os deuses transformaram seu corpo numa planta aromática que se chamou amáraco, mais tarde conhecida também como manjerona.
Chacras – primeiro, segundo, terceiro e sétimo.
Elemento – terra/Yin.
Estados emocionais – frustração, canalização inadequada dos impulsos e energias, sensação de estar perdido na vida, tédio, dúvidas, insatisfações, vícios; vocação indefinida.
Manifestações físicas – problemas digestivos, alterações no equilíbrio, compulsões, distúrbios ou disfunções sexuais.
Harmonização - iluminação, realização, autodeterminação, vocação, propósito, destino, meta, centramento, clareza, satisfação.
Florais correlatos e/ou similares – Wild Oat (Bach).
Ação nos animais – desenvolve e estimula o faro dos cachorros; equilibra os hormônios.
Afirmação - “ESTOU DIRIGINDO A MINHA VIDA”.
O poema “Uma senda encontramos” reflete com precisão o desequilíbrio da personalidade no estado de Origanum: perda da conexão com o propósito da Alma, sem saber o que quer, tampouco o rumo que deve seguir. Esta desorganização interna pode levar aos vícios, à procrastinação, à indevida canalização e expressão da sexualidade. É uma essência importante nos momentos de decisão, na escolha de profissões, na reorganização dos impulsos internos. Ela nos coloca em contato com o self e estimula a busca e encontro da real satisfação. Desperta o contato com a intuição. Auxilia o aprendizado do uso harmonioso das energias criativas da Alma. 

Cursos permanentes de formação em Terapia Floral nos Sistemas: Minas Gerais, Bach, Califórnia, Havaí, Agnes e Beija-flor. Informe-se.
O estudo acima é parte do curso de formação em Terapia Floral, Sistema de Minas Gerais. 

ÚLTIMAS SINTONIZAÇÕES EM REIKI USUI OCIDENTAL


terça-feira, 4 de julho de 2017

O que são as Barras de Access?

Divulgando o trabalho do colega practioner de Barrs Access Marcelo Orphão.




E se hoje puder ser o começo de algo diferente? E se sua Vida puder ser mais agradável outra vez? As Barras de Access são 32 pontos em sua cabeça que quando tocados suavemente, em determinada sequencia, liberam energias eletromagnéticas acumuladas por pensamentos, medos, vivências, crenças limitantes, experiências traumáticas, considerações, emoções e atitudes que pensou serem importantes nessa ou em alguma outra vida. Essa poderosa ferramenta faz parte das práticas de Access Counsciousness™, conjunto de ferramentas e processos desenhados para facilitar mais Consciência para todos. canalizadas e aprimoradas por Gary Douglas e Dein Heer. “Correr as Barras”, como se diz coloquialmente, possibilita apagar e liberar todos os registros limitantes, equilibrando a energia cerebral, trazendo bem estar, controle de stress e da ansiedade, além de comportamentos compulsivos, trazendo equilíbrio no funcionamento cerebral, frequentemente atingindo o estado Alfa imediatamente durante a sessão. Com isso há uma grande melhora da atividade cerebral, possibilitando novas ideias, novos paradigmas, melhora do sono, da fadiga, ansiedade, compulsões e traumas. A vida melhora quando passamos a mudar nossos pensamentos e adquirimos Conciência. Ao mesmo tempo, implantamos ferramentas de auto-afirmação, de controle real de nossas mentes. E assim, há uma grande melhora de padrões que trazem doenças, ideias e crenças limitantes. As Barras não possuem nenhum viés religioso, e não fazem parte de nenhuma doutrina, o que as torna acessíveis para pessoas de quaisquer crenças, idades e sexo. Ainda que você não acredite, as sessões vão representar uma das melhores massagens que você já fez na vida! Experimente essa poderosa ferramenta. Venha conversar com Praticioners licenciados por Access Counsciousness™ e hoje mesmo, mudar sua forma de viver! Dr. Marcelo Orphão Motta Practioner de Barrs Access Médico Reikiano Rua Major Marques Braga, 18 – Sala 401 Centro – Nova Friburgo – RJ Tel (22) 3016 0293

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Medo de amar

Como já disse o poeta "O medo de amar é o medo de ser feliz".

É preciso estar preparado para receber a felicidade, quando ela chegar.


Enxergar a forma como ela vem, as vezes envolta em papéis diferentes.


Relembrando Chico Xavier: "A felicidade não entra em portas trancadas" ou seja, não entra em corações e mentes fechados.


Acho que o grande problema é o medo de amar, de abrir o coração.


E ser feliz é tudo de bom, mas para isto acontecer precisamos acreditar que somos merecedores(as) desta felicidade e perdermos o medo do futuro, de um possível sofrimento, perda ou separação.


Na vida correr riscos é inevitável, a não ser que você congele, porque assim não sofre mas também não vive.


Os primeiros olhares, o interesse, a identificação das afinidades, muita energia, mas ao mesmo tempo muita ternura e paz. Mas depois o temor, porque é muito bom, porque está muito bom.


Muitas vezes quando outro nos rejeita, ou somos nós quem rejeitamos, na realidade estamos rejeitando a possibilidade de sentir e viver o amor desperto e não a quem o despertou.


Se não tivermos esta percepção nos sentiremos infelizes e inadequados(as) e lá se vai a autoestima, o auto-amor.


É preciso parar de temer a dor, a perda, o risco, a rejeição. 


Quando agimos assim não nos permitimos sentir prazer, alegria, felicidade e como diz a música de Lupicínio Rodrigues " ….deixamos o céu por ser escuro e vamos ao inferno a procura de luz".


Fugimos no amor, escolhemos parceiros(as) inadequados(as) porque LÁ (no reino do inconsciente) sabemos que não dará certo e a dor "será menor".


Então como fuga magoamos, agredimos, nos afastamos, criamos obstáculos, fechamos o coração. 


Acredito que somos mais fortes do que pensamos e fomos criados(as) para amar e sermos amados(as).


A felicidade pode acabar, mas deixarmos de viver o amor pensando apenas na perda e na dor é fuga, alienação.


Sejamos corajosos(as). Viver bem é ousadia!


Um relacionamento amoroso, pleno, prazeroso é uma bênção. 


Amemos!




Abrindo o coração


Nos últimos dias um sentimento de tristeza, nostalgia e pesar paira no ar.

Os olhos enchem de lágrimas espontaneamente. 


O peito apertado, apatia.


É o chacra cardíaco se abrindo para deixar sair as emoções reprimidas, o que ainda é carregado das vivências do passado que já deveriam ter sido transformadas.


O coração é a morada do Amor, da compaixão, da alegria, da felicidade.


Funciona bem quando em harmonia com as emoções.


Muitas vezes outros sentimentos (raiva, ódio, mágoa, tristeza, rejeição, ciúmes...) assumem seu território, como posseiros ocupam os espaços sufocando o Amor e fechando o espaço ao seu redor.


E NEM SEMPRE ISTO É PERCEBIDO.


Neste momento de transição planetária somos chamados a dar um grande salto quântico, elevando o padrão vibracional dos nossos pensamentos, revendo nossas atitudes, liberando antigas crenças, registros, emoções. 


 Esta limpeza está acontecendo em todos os nossos corpos, físico, emocional, mental e espiritual.


Por isto a possibilidade a agravamento de alguns sintomas de pessoas que tem alguma doença crônica. 


As vezes pode vir uma sensação de perigo ou morte iminente, um ataque de pânico.


Não tema não é ou será uma morte física e sim a morte de padrões antigos.


Deixe fluir, limpe seu coração, tome contato com o que você está sentindo, fale, escreva, transforme, chore.


Quem é reikiano deve fazer auto-aplicação diária pelo menos das 4 posições de cabeça, chacra cardíaco, joelhos e pés. 


Quem não é, ore, medite, mantenha-se em uma sintonia elevada com a
sua fé e raiz espiritual.


O Amor precisa expulsar quem ocupa a sua casa.


Não tenha medo.


Ajude!


Abra o seu coração!

domingo, 2 de abril de 2017

O arquétipo da Deusa Anciã, a lua minguante e o outono


Para Jung o inconsciente coletivo é a instância psíquica mais profunda que armazena experiências que não são nem pessoais e nem individuais, mas imagens primordiais ou arquetípicas e também os instintos, que não podem ser acessadas quando necessário, entretanto, manifestam-se em sonhos, mitos e fantasias de maneira simbólica. 

As deusas habitam o inconsciente coletivo como arquétipos.

Elas se manifestam em cada uma de nós em sua forma tríplice, A DONZELA, A MÃE E A ANCIÃ.


Em determinado momento ou situação uma estará mais ativa.

Conhecer esses arquétipos e seus atributos nos leva ao autoconhecimento e ao melhor entendimento da dinâmica das relações afetivas.


As deusas também se relacionam com as fases da lua.


O envelhecimento e morte são representados pela lua minguante, tempo de analisar, tomar consciência e transformar para criar na lua Nova. 


Sua regente é a deusa anciã, a mulher sábia, senhora da transformação, aquela que tudo vê...
Nessa face da lua o poder feminino se completa, a mulher sábia é a senhora das lendas, das histórias, conhece todos os caminhos do mundo e todas as magias. 


Ela é gentil ou firme, a avó doce ou a bruxa sarcástica.


Essa lua simboliza fim de ciclo, a necessidade de avaliar o que merece renascer e o que deve morrer nos relacionamentos de família, amizades, trabalho. Tudo deve ser purificado, finalizado.


Conectamo-nos com esta face sempre que buscamos conhecimento, que nos aprofundamos em algum determinado assunto ou quando passamos por dificuldades que exijam sabedoria para serem superadas.


A face Anciã está relacionada ao outono e ao inverno, momento em que as árvores perdem suas folhas e a natureza se prepara para usar sabiamente seus recursos para preservar a vida. 


Correspondências:
Fase Lunar: Lua minguante, conhecimento, consciência, sabedoria, desapego e renovação.
Elemento: Água.
Ponto cardeal: Oeste.
Deusas: Baba Yaga, Hécate, Sedna, Kali, Sheela Na Gig, Nanã Buruquê.
Estações do ano: Outono e inverno.


Próximo círculo: 


http://projetoluzterapias.blogspot.com.br/2017/03/circulo-da-lua-minguante-sintonia-com-o.html

domingo, 26 de março de 2017

CÍRCULO DA LUA MINGUANTE - SINTONIA COM O OUTONO

Com Elizabeth de Fátima Souza, facilitadora de círculo de mulheres há mais de 14 anos, psicoterapeuta transpessoal e em TVP, terapeuta comunitária, terapeuta floral, aromaterapeuta e mestre em Reiki.


A essência feminina é linda, libertadora, criativa, amorosa e nutridora.
Nos tempos atuais somos privadas do recolhimento necessário ao autocuidado, de ser quem realmente somos, tantas vezes divididas em múltiplos papéis.
Por isso é tão importante sabermos cuidar de nossas feridas e libertar o que carregamos em nossas costas.
Mas é difícil conseguir sozinha.
O círculo é o suporte, ele nos ajuda a retirar os véus criados por nossas lágrimas, medos e mágoas. Cria no hoje a oportunidade de resgatar a sabedoria adormecida dentro de cada uma de nós, de recuperar o feminino sagrado.
A energia das deusas, arquétipos vivos no nosso inconsciente, nos ajuda a perceber o que ainda não conseguimos, eleva a nossa vibração e nos conecta com o nosso verdadeiro Eu.
A Lua minguante é um tempo de certa melancolia, de sensibilidade aflorada. Bom para tomar consciência do que já está morrendo, pois os ciclos da natureza são assim, feitos de morte e renascimento. Espaço para rever os projetos pessoais, o que ainda estamos investindo, mas que já não tem mais energia e o que vale a pena manter para transformar na lua nova.  
Nesse encontro vamos nos libertar dos medos, ansiedade, cansaço, principalmente daqueles registros que não são nossos, que trazemos dos ancestrais e/ou absorvemos dos outros.

O que estamos alimentando? O que não estamos deixando morrer? Não dá para reter tudo, precisamos escolher o que queremos manter em nossas vidas.

Vamos conectar com a Deusa Anciã, “Aquela que tudo sabe”, sentir sua energia, buscar sabedoria e nos fortalecer.

Todas nós no fundo de nossas Almas sabemos o que alimenta a vida e o que precisa morrer, podemos tentar nos enganar, mas sabemos.

Deixar morrer, para criar o novo e dar a luz ao que for bom, prazeroso e traga felicidade.

Quando nos curamos, curamos nossas avós e também as futuras gerações.           Reverenciar o sagrado feminino é isto.     

Vamos juntas promover esse momento?

Atividades:

Abertura de oráculos.
Ritual de limpeza de aura e purificação.
Ritual de limpeza e banimento de registros e energias negativas.
Exercícios e meditações para acolher a mulher sábia que habita em nós.
Ritual da fogueira.
Honrando a ancestralidade. Mandala familiar.
Utilização de óleos essenciais, ervas e essências florais.

Local - Sítio do beija-flor - Nova Friburgo - RJ.

Número de vagas - seis.

Necessário levar um tênis, chinelo de dedos ou sandália, repelente, biquíni ou maiô de duas peças, duas toalhas de banho, saias amplas ou vestidos de preferência de algodão, xales ou echarpes largas. Os quartos já tem roupas de cama. Levar também fotos e objetos que você queira queimar na fogueira e algo pessoal feminino para troca.

Investimento: R$ 557,00. As mulheres que participarem dos três círculos poderão pagar em oito parcelas de R$ 197,00, de março a outubro.

                                                                   Círculos de 2017        

Sintonia com o outono, regência da lua minguante - Dias 22 e 23 de abril, sábado e domingo.
Sintonia com o inverno, regência da lua nova - Dias 22 e 23 de julho, sábado e domingo.                                                                                                                                              Sintonia com a primavera, regência da lua crescente - Dias 22 e 23 de outubro, sábado e domingo.
 
                                                                                               . 
Informações e reservas: 22 3016-0293 e 21 99879-8976                                                    projeto_luz@yahoo.com.br                                                                          www.projetoluzterapias.blogspot.com.br

segunda-feira, 20 de março de 2017

CÍRCULO DE JOVENS – CONSCIÊNCIA, APRENDIZADO E TRANSFORMAÇÃO


Com Elizabeth de Fátima Souza terapeuta de família e comunitária, terapeuta floral, aromaterapeuta, mestra de Reiki e facilitadora de círculos de mulheres e casais.

Data: das 18 horas do dia 28 de abril de 2017 às 17 horas do dia 30 de abril de 2017.
Local: Sítio do Beija-flor, Córrego Dantas – Nova Friburgo – RJ.
Número de vagas: seis.
Idade: 17 a 21 anos, ambos os sexos.

TEMAS

Eu e minha família: O que trago e o que estou descobrindo e construindo.

Eu e minha relação com a espiritualidade e materialidade: Corpo, Mente e Alma!

O ciclo da vida: nascimento, crescimento e os ritos de passagem.

Eu e minhas relações: “Um ego maduro é aquele que é flexível. Aquilo que enxergamos nos outros, ou seja, a interpretação de uma atitude é reflexo de como nosso interior entende aquilo”. Jung.

Eu e minhas emoções: “Se você considerar que dentro do potencial positivo existe o negativo e dentro do negativo, um potencial positivo, você pode usar as duas polaridades para construir algo. A maneira de enxergar é que faz a diferença.” Jung.

Visão de mundo: Ecologia interior, saúde pessoal, holística e planetária.

Autocuidado: Limpeza e energização da AURA.

Reconexão com a Natureza: Desejos, sonhos e metas. Construção individual da seta de intenções.

Comunicação não violenta: Ter empatia com outra pessoa abre a porta para entendimento e conexão profundos. A Comunicação Não Violenta nos mostra não só como nos conectarmos com nossas necessidades, mas também como ouvir o que está por trás daquilo que os outros falam, independentemente da maneira como se expressem.

Atividades: dinâmicas de grupo, vivências individuais, meditação, roda de conversa ...
Recursos: essências florais, óleos essenciais, filmes, material de arte, músicas.

Investimento: R$ 440,00 (dois pernoites, todas as refeições e o encontro).

Material necessário: tênis, sunga ou biquíni, toalha de banho, casaco. Fotos de familiares e um objeto que seja significativo para o participante que será trocado em uma vivência.

Informações: 21 99879-8976 e 22 3016-0293
projeto_luz@yahoo.com.br
www.projetoluzterapias.blogspot.com.br


quarta-feira, 8 de março de 2017

Curso de harmonização ambiental - Minha casa meu espelho



A casa é um portal para o mundo interior de seus moradores. Avaliá- la, cuidá-la e harmonizá-la favorece a paz, a saúde, o equilíbrio e a prosperidade de seus habitantes.

PROGRAMA

/ Minha casa...Meu espelho?                                                            / Agentes e atitudes geradoras de vibrações negativas. 
/ Memórias das paredes. Mudança exterior e interior.   / Limpando a sujeira que não se vê: purificação, organização e   harmonização do ambiente.
/ Mudança e disposição dos móveis./Rituais de limpeza. Utilização de cores, sons, cristais e aromas.
/ Plantas e animais domésticos.
/ Símbolos de Proteção.
/ Defesa Psíquica: usando a Mente para Proteger seu Campo de Energia.
/ Metafísica da Casa (relação entre o corpo humano e a casa).

Carga horária: 8 horas/aula.

Investimento: R$ 206, 00.  

Local: a ser definido, poderá ser em Nova Friburgo ou no Rio de Janeiro

Material fornecido: Apostila e Certificado. 

Número de vagas: Mínimo de 6, máximo de 10.

Se tiver interesse entre em contato para fechar a turma.


Tel: 21 99879-8976 (VIVO) e 22 3016-0293.




E-mail: projeto_luz@yahoo.com.br 
Bom dia minhas companheiras de jornada. 
Todos os dias são nossos, mas como data simbólica meditemos hoje em sintonia com todos os aspectos femininos de nossas Almas. 
Somos a menina, a jovem, a mãe, a anciã, a loba...
Somos várias e somos únicas em nossa singularidade. 
Parabéns para nós agora e sempre!
Mitakuye Oyasin (por todas as nossas relações).



terça-feira, 7 de março de 2017

CURSO DE FORMAÇÃO NO SISTEMA FLORAL BEIJA-FLOR

ESSÊNCIAS FLORAIS DO SISTEMA BEIJA-FLOR  

Sábado dia 25 de março de 2017, das 9 às 17 horas





Com a co-criadora e sintonizadora Elizabeth de Fátima Souza, terapeuta floral, aromaterapeuta, psicoterapeuta reencarnacionista e em TVP, terapeuta de família e comunitária. Reikimaster em Reiki Usui Ocidental e Sensei Shihan em Gendai Reiki Ho.

Histórico do Sistema floral Beija-flor.
Apresentação do Kit da transformação:

Cordiline – limpeza, desobsessão, proteção.
Luz da manhã – libertação das ilusões, autoimagem.
Beijo – ansiedade, impaciência, agitação.
Quaresmeira – auto perdão, renascimento.
Primavera – limpeza do coração, tristeza, nostalgia.
Rosa de Monte Verde – fraternidade, amor, sentido de grupo.
Romã – feminilidade, sexualidade, repositor hormonal.
Sapucaia – sabedoria, auto cura, flexibilidade.
Senhora da Luz – sintonia com a Mãe Celestial e a Mãe Terra.
Rumo – clareza, direção, conexão com o caminho original da Alma.

Apresentação do kit da regeneração - 3 essências florais e uma fórmula composta:

Bastão de Saint Germain – regeneração, força e fé.
Nutrição – autocuidado, energização, aterramento
Manacá da serra - sensibilidade equilibrada, desbloqueio emocional, alegria de viver.
Fórmula emergencial – para ser utilizada nas situações de crise.

Investimento – R$ 386,00 incluso o curso, os dois kits de florais e certificado.

Local – Rua Dois de dezembro, 78/609 – Largo do Machado – Rio de Janeiro.

Número de vagas – 6.


Inscrições antecipadas. 
Telefones: 21 99879-8976 e 22 3016-0293
projeto_luz@yahoo.com.br

segunda-feira, 6 de março de 2017

SINTONIZAÇÃO, INICIAÇÃO OU ATIVAÇÃO EM REIKI

O Reiki é passado para o estudante pelo Mestre de Reiki durante o processo de sintonização. Esse processo abre os chakras da coroa, coração e palmas das mãos, e cria uma ligação especial entre o aluno e a fonte de Reiki.
O processo é dirigido e acompanhado pela egrégora do Reiki e se auto ajusta de acordo com cada aluno. Muitas pessoas relatam experiências místicas durante a sintonização, iniciação ou ativação como: encontros com os Mestres, mensagens pessoais, curas, visões e experiências de vidas passadas.
Durante o ritual, o Mestre de Reiki utiliza uma antiga "técnica tibetana", que liga o indivíduo a níveis mais elevados de consciência e à fonte ilimitada da energia curativa. Ocorre uma ativação nos chakras superiores, fazendo com que a vibração e a frequência dos corpos sutis aumentem e transformem-se passando a níveis mais elevados. Essa expansão da consciência propicia a mudança e elevação do centro de equilíbrio energético, do plexo solar para o chakra cardíaco. Ficamos mais amorosos, humildes e tolerantes.
A cada sintonização aumenta a sensibilidade psíquica, a intuição e a abertura do terceiro olho. Uma vez realizada a iniciação, os canais permanecerão abertos, mesmo que não sejam acessados. O que ocorre é que eles se fortalecem com a prática do Reiki e se enfraquecem pelo desuso, mas basta praticar para acentuar a ligação.
Após a sintonização Reiki se inicia um processo de limpeza de 21 dias, que atua os corpos físico, mental e emocional. Serão 3 dias de purificação e harmonização para cada um dos sete grandes chakras.
São quatro etapas que são feitas no Nível I:
A primeira iniciação harmoniza o coração e glândula timo, ao mesmo tempo em que sintoniza o chakra do coração ao corpo etérico. A segunda a glândula tireoide e o chakra laríngeo (da garganta) que é nosso centro de comunicação. A terceira a glândula hipófise, nosso centro de alta intuição e consciência, e o hipotálamo, que funciona no controle da temperatura do corpo. A quarta aumenta a abertura do chakra coronário, nossa ligação com a consciência espiritual que corresponde à glândula pineal. Essa sintonização final completa o processo, deixando o canal aberto pelo resto da vida.
Cada aluno ou aluna reage de forma diferenciada às sintonizações.
A iniciação precisa ser vivenciada, pois é uma experiência única.
E uma vez reikiano, sempre reikiano!
Mesmo que não utilize o Reiki e seus símbolos, ele vibrará dentro de você e a cada vez que se tocar ou tocar outra pessoa passará essa energia.
Digo aos meus alunos e alunas que após a sintonização eles (as) se tornam um interruptor da Luz Divina, o toque é a ativação.
O primeiro nível de Reiki é chamado de O DESPERTAR, o segundo A TRANSFORMAÇÃO, o terceiro A CONSCIÊNCIA.
A cada nível o aluno passa por um processo de intensa descoberta, auto percepção e mudança.
Ser reikiano ou reikiana é mais do que a “imposição das mãos para curar”, significa vivenciar os 5 princípios do Reiki, ser humilde e entender que o processo de harmonização e cura pertence a cada pessoa, somos apenas instrumentos.
A maior realização e alegria de um Reikimaster é difundir a Luz do Reiki e formar novos reikianos.
Essa é uma das minhas alegrias e motivações, a cada reikiano que sintonizo meu coração de inunda de felicidade.
A todos e todas  desejo muita luz, paz e alegria sempre!
Abraço reikiano.
Terapeuta holística, Reikimaster Usui Ocidental e
Sensei Shihan em Gendai Reiki Ho (reiki tradicional japonês)



quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

SOBRE O CÍRCULO DE MULHERES

 "As mulheres honram o seu Caminho Sagrado quando se dão conta do conhecimento intuitivo inerente a sua natureza receptiva. As mulheres precisam aprender a amar, compreender, e, desta forma, curar umas às outras. Cada uma delas pode penetrar no silêncio do próprio coração para que lhe seja revelada a beleza do recolhimento e da receptividade". 

                                                                              Jamie Sams

                      


Para Jung, os arquétipos da Grande Mãe e do Pai são os dois arquétipos básicos da psique. O arquétipo da Mãe é regido pelo princípio do prazer, da sensualidade e da fertilidade, profundamente relacionados com a Natureza e seus ciclos. 

O arquétipo do Pai é regido pelo princípio da ordem, do dever, da força, do desafio das tarefas, portanto, relacionados com a Lei.

O Círculo de Mulheres visa proporcionar o encontro de mulheres interessadas na reestruturação do feminino ferido.

Propõe vivências conjuntas   que   possibilitam   a recuperação do pleno potencial da mulher, pois somente quando a mulher está inteira, completa e vive seus valores femininos plenamente é que pode estabelecer um relacionamento sadio, numa postura de troca, com o mundo em seus universos masculino e feminino e infantil. 

Quando ela não encontra o prazer da vida, a medida em que vai negando a sua natureza, vão surgindo as insatisfações e emoções como a falta de alegria, desprazer, angústia, depressões, dores, doenças, etc. 

Fazer parte de um grupo de mulheres é um grande compromisso com a vida, é um ato de coragem e de amor. Conhecer os segredos da vida, as vozes do inconsciente, é uma nova forma de viver, de envolver-se e de amar. 

Assim cada mulher é ela mesma e também um aspecto de todas as outras mulheres presentes, o Círculo é um lugar seguro para falar a verdade sobre sentimentos, percepções e experiências.

Entrando em contato com a sabedoria de diversas tradições espirituais que honram o Sagrado Feminino, reaprendemos a viver em UNIDADE e EQUILÍBRIO.
Junte-se a nós no círculo de mulheres!

Círculos em 2017 - Solicite o programa de cada encontro.

Dias 22 e 23 de abril,  sábado e domingo, - Sintonia com o outono, regência da lua minguante.
Dias 22 e 23 de julho, sábado e domingo - Sintonia com o inverno,  regência da lua nova. 
Dias 22 e 23 de outubro - Sintonia com a primavera, regência da lua crescente.    

Local: Sítio do Beija-flor - Córrego Dantas - Nova Friburgo RJ.
Contato: Tel 22 3016-0293 e 21 998798976.
projeto_luz@yahoo.com.br