Apresentação

“Compreender o mal não o cura, mas, sem dúvida alguma, ajuda. Afinal, é muito mais fácil lidar com uma dificuldade compreensível que com uma escuridão incompreensível.” – Carl Jung.

Olá.
Seja bem vindo(a).
Espero que goste.
Luz, Paz e Alegria sempre.

Elizabeth.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Abrindo o coração


Nos últimos dias um sentimento de tristeza, nostalgia e pesar paira no ar.

Os olhos enchem de lágrimas espontaneamente. 


O peito apertado, apatia.


É o chacra cardíaco se abrindo para deixar sair as emoções reprimidas, o que ainda é carregado das vivências do passado que já deveriam ter sido transformadas.


O coração é a morada do Amor, da compaixão, da alegria, da felicidade.


Funciona bem quando em harmonia com as emoções.


Muitas vezes outros sentimentos (raiva, ódio, mágoa, tristeza, rejeição, ciúmes...) assumem seu território, como posseiros ocupam os espaços sufocando o Amor e fechando o espaço ao seu redor.


E NEM SEMPRE ISTO É PERCEBIDO.


Neste momento de transição planetária somos chamados a dar um grande salto quântico, elevando o padrão vibracional dos nossos pensamentos, revendo nossas atitudes, liberando antigas crenças, registros, emoções. 


 Esta limpeza está acontecendo em todos os nossos corpos, físico, emocional, mental e espiritual.


Por isto a possibilidade a agravamento de alguns sintomas de pessoas que tem alguma doença crônica. 


As vezes pode vir uma sensação de perigo ou morte iminente, um ataque de pânico.


Não tema não é ou será uma morte física e sim a morte de padrões antigos.


Deixe fluir, limpe seu coração, tome contato com o que você está sentindo, fale, escreva, transforme, chore.


Quem é reikiano deve fazer auto-aplicação diária pelo menos das 4 posições de cabeça, chacra cardíaco, joelhos e pés. 


Quem não é, ore, medite, mantenha-se em uma sintonia elevada com a
sua fé e raiz espiritual.


O Amor precisa expulsar quem ocupa a sua casa.


Não tenha medo.


Ajude!


Abra o seu coração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário