Apresentação

“Compreender o mal não o cura, mas, sem dúvida alguma, ajuda. Afinal, é muito mais fácil lidar com uma dificuldade compreensível que com uma escuridão incompreensível.” – Carl Jung.

Olá.
Seja bem vindo(a).
Espero que goste.
Luz, Paz e Alegria sempre.

Elizabeth.

O que é um círculo de mulheres?

"As mulheres honram o seu Caminho Sagrado quando se dão conta do conhecimento intuitivo inerente a sua natureza receptiva. As mulheres precisam aprender a amar, compreender, e, desta forma, curar umas às outras. Cada uma delas pode penetrar no silêncio do próprio coração para que lhe seja revelada a beleza do recolhimento e da receptividade". 

                                                                                                                       Jamie Sams

 


Círculo de Mulheres do Projeto Luz
 

Quando um grupo de mulheres se reúne com um propósito estabelecido, um compromisso energético se faz.

Neste tempo onde os desafios do dia a dia fazem com que a mulher caminhe pela vida de forma acelerada contrária a sua própria essência, pois viver o feminino significa bailar com a vida, fluir...é vital poder ter um tempo e um espaço para aquietar o corpo, a mente e estar junto, redescobrindo o encanto da troca, do cuidado entre companheiras e irmãs.

Quando estamos juntas experienciamos o sentido de nosso legado, a herança das ancestrais, o que não mais queremos e podemos transformar, o que desejamos e precisamos plantar, desenrolamos a criatividade aprisionada, soltamos as amarras apoiadas na solidariedade, compreensão e identidade.

Vivendo tantos papéis, filhas, mães, profissionais, esposas, namoradas, amigas muitas vezes nos atrapalhamos e sentimo-nos enfraquecer.

Nos falta tempo para reabastecer nossa energia, para serenar e principalmente equilibrar este binômio receber e dar.

Somos fortes e meigas, assertivas e conciliadoras, sensuais e românticas...

Trazemos dentro de nós no âmago de nossas Almas os arquétipos das deusas.

E como guardiãs da Vida temos compromisso com todas as mulheres conhecidas ou não.

Com dignidade, honra, respeito e amor vamos celebrar nossa condição feminina.

A busca pelo renascimento do sentido irmandade, através do autoconhecimento e conexão com a egrégora das deusas, é o caminho que com certeza nos trará paz, tranqüilidade e harmonia.

Este é o objetivo principal do círculo de mulheres.

Elizabeth de Fátima Souza – facilitadora.

Informe-se sobre o próximo encontro.


E-mail: projeto_luz@yahoo.com.br

Referência: “O Anuário da Grande Mãe” - Mirella Faur.