Apresentação

“Compreender o mal não o cura, mas, sem dúvida alguma, ajuda. Afinal, é muito mais fácil lidar com uma dificuldade compreensível que com uma escuridão incompreensível.” – Carl Jung.

Olá.
Seja bem vindo(a).
Espero que goste.
Luz, Paz e Alegria sempre.

Elizabeth.

segunda-feira, 6 de março de 2017

SINTONIZAÇÃO, INICIAÇÃO OU ATIVAÇÃO EM REIKI

O Reiki é passado para o estudante pelo Mestre de Reiki durante o processo de sintonização. Esse processo abre os chakras da coroa, coração e palmas das mãos, e cria uma ligação especial entre o aluno e a fonte de Reiki.
O processo é dirigido e acompanhado pela egrégora do Reiki e se auto ajusta de acordo com cada aluno. Muitas pessoas relatam experiências místicas durante a sintonização, iniciação ou ativação como: encontros com os Mestres, mensagens pessoais, curas, visões e experiências de vidas passadas.
Durante o ritual, o Mestre de Reiki utiliza uma antiga "técnica tibetana", que liga o indivíduo a níveis mais elevados de consciência e à fonte ilimitada da energia curativa. Ocorre uma ativação nos chakras superiores, fazendo com que a vibração e a frequência dos corpos sutis aumentem e transformem-se passando a níveis mais elevados. Essa expansão da consciência propicia a mudança e elevação do centro de equilíbrio energético, do plexo solar para o chakra cardíaco. Ficamos mais amorosos, humildes e tolerantes.
A cada sintonização aumenta a sensibilidade psíquica, a intuição e a abertura do terceiro olho. Uma vez realizada a iniciação, os canais permanecerão abertos, mesmo que não sejam acessados. O que ocorre é que eles se fortalecem com a prática do Reiki e se enfraquecem pelo desuso, mas basta praticar para acentuar a ligação.
Após a sintonização Reiki se inicia um processo de limpeza de 21 dias, que atua os corpos físico, mental e emocional. Serão 3 dias de purificação e harmonização para cada um dos sete grandes chakras.
São quatro etapas que são feitas no Nível I:
A primeira iniciação harmoniza o coração e glândula timo, ao mesmo tempo em que sintoniza o chakra do coração ao corpo etérico. A segunda a glândula tireoide e o chakra laríngeo (da garganta) que é nosso centro de comunicação. A terceira a glândula hipófise, nosso centro de alta intuição e consciência, e o hipotálamo, que funciona no controle da temperatura do corpo. A quarta aumenta a abertura do chakra coronário, nossa ligação com a consciência espiritual que corresponde à glândula pineal. Essa sintonização final completa o processo, deixando o canal aberto pelo resto da vida.
Cada aluno ou aluna reage de forma diferenciada às sintonizações.
A iniciação precisa ser vivenciada, pois é uma experiência única.
E uma vez reikiano, sempre reikiano!
Mesmo que não utilize o Reiki e seus símbolos, ele vibrará dentro de você e a cada vez que se tocar ou tocar outra pessoa passará essa energia.
Digo aos meus alunos e alunas que após a sintonização eles (as) se tornam um interruptor da Luz Divina, o toque é a ativação.
O primeiro nível de Reiki é chamado de O DESPERTAR, o segundo A TRANSFORMAÇÃO, o terceiro A CONSCIÊNCIA.
A cada nível o aluno passa por um processo de intensa descoberta, auto percepção e mudança.
Ser reikiano ou reikiana é mais do que a “imposição das mãos para curar”, significa vivenciar os 5 princípios do Reiki, ser humilde e entender que o processo de harmonização e cura pertence a cada pessoa, somos apenas instrumentos.
A maior realização e alegria de um Reikimaster é difundir a Luz do Reiki e formar novos reikianos.
Essa é uma das minhas alegrias e motivações, a cada reikiano que sintonizo meu coração de inunda de felicidade.
A todos e todas  desejo muita luz, paz e alegria sempre!
Abraço reikiano.
Terapeuta holística, Reikimaster Usui Ocidental e
Sensei Shihan em Gendai Reiki Ho (reiki tradicional japonês)



Nenhum comentário:

Postar um comentário